sábado, 18 de dezembro de 2010

GREVE DOS PALHAÇOS


Manifesto “Greve dos palhaços”


O mundo anda muito sem graça. A intolerância tem tomado o lugar da hombridade, a ganância da generosidade e a impaciência, o lugar do amor. Mas nós, que levamos a vida a perder para o outro ganhar, que fazemos do riso nossas pernas, acreditamos que esse mundo pode sim, ser um lugar melhor pra se viver. O palhaço acredita nisso!Entretanto, nós, palhaços de Campo Grande, diante de tantas indignações a respeito de como a arte vem sendo tratada pelos órgãos responsáveis pelo seu fomento, cansamos e decidimos nos manifestar. A principal razão da manifestação foi a ausência de respostas sobre o pagamento do FMIC, impossibilitando a realização da III PANTALHAÇOS- MOSTRA DE PALHAÇOS DO PANTANAL, privando os grupos produtores da Mostra de realizá-la e a população de participar do evento.Na semana que o mundo comemora o Dia Internacional do Palhaço – 10 de dezembro, decidimos fazer uma greve. Greve de sorrisos! Greve de alegria!O objetivo do manifesto foi trazer a público as questões que tem causado indignação na classe artística de Campo Grande, mais especificamente entre os trabalhadores da arte circense e que são desconhecidas pela população e pouco discutidas, inclusive, entre a própria classe.Assim, o grupo expõe algumas questões:- O que ocorre no interior de uma Fundação de Cultura, seja ela Estadual, Municipal ou Nacional, que faz com que nós, artistas, fiquemos sem resposta em relação às verbas que são destinadas a esse fim, mas nunca estão disponíveis na hora que deveriam estar? Onde está esse dinheiro? Por que ninguém nos responde isso com clareza, uma vez que se trata de dinheiro público destinado à cultura?- Por que a verba destinada à cultura é tão infinitamente menor do que o recurso destinado a outras áreas dos direitos humanos? A população, por acaso, sabe que a cultura é seu direito garantido por lei? - Por que recebemos os cachês com tanto atraso? Qual a razão de sermos tratados com tanto descaso pelos órgãos que deveriam ser parceiros da arte, afinal, essa é a função dessas instituições?- Como podemos transformar a realidade e formar platéia se a verba destinada à cultura não permite uma divulgação efetiva que estimule a população a conhecer a cultura local, que fomente o nascimento de novos grupos e artistas? Não estamos aqui apenas brigando por cachês melhores, pagamento na data combinada e aumento de verba para a cultura. Estamos PEDINDO RESPEITO! O artista merece respeito como qualquer cidadão. O artista paga impostos, precisa comer, vestir e pagar as contas, como qualquer cidadão. Não estamos em Hollywood e nem aparecemos na TV Globo toda semana. Mas trabalhamos com seriedade em busca de melhoria na nossa arte e na ideológica vontade, na utopia insana de que a arte é capaz de transformar a realidade dura e pesada que nos oprime a cada dia. Acreditamos na força da inocência de um palhaço. Acreditamos na decência, na honestidade e na solidariedade humana. Pedimos que nos levem a sério, que nos respeitem como gente trabalhadora, merecedora de um olhar cúmplice da sociedade. RESPEITO É BOM E O PALHAÇO TAMBÉM GOSTA!
Atenciosamente,
ARTISTAS DE CAMPO GRANDE, MATO GROSO DO SUL17 DE DEZEMBRO DE 2010 - CAMPO GRANDE-MS

sábado, 11 de dezembro de 2010

10 de dezembro Dia do Palhaço!


Em comemoração ao DIA DO PALHAÇO, a Pantalhaços - Mostra de Palhaços do Pantanal, que nesta 3ª edição será realizada em duas etapas, a primeira na próxima semana e a segunda em março de 2011, por ocasião do Dia Internacional do Teatro e o Dia Nacional do Circo, traz a oficina "O Palhaço de Picadeiro" com Breno Moroni.
Breno é ator formado pela Escola de Teatro da F.E.F.I.E.R.J. (RJ/1974), profissionalizado pela Academia Piolim de Artes Circenses (SP/1980) com estágios em escolas de Circo em Londres, Paris, Galicia, Edimburgo e cursos de especialização em Cinema, Circo, Televisão, Expressão Corporal e Doublé. Foi um dos fundadores e Diretor Circense do Circo Voador no Rio de Janeiro. Fundador e professor da “Escolinha de Palhaços”. Assistente de Direção e Técnico em Efeitos Especiais Cênicos (Double) do sindicato dos Trabalhadores da Indústria Cinematográfica. Intérprete da Associação de Músicos, Arranjadores e Regentes. Locutor, Apresentador, Animador do Sindicato dos Radialistas. É membro da SPA, Sociedade Portuguesa de Autores. Até o ano de 2009 trabalhou como artista em 13 países, na África, Europa e Américas. Participou da montagem de 69 peças teatrais, atuando e dirigindo em 4 idiomas: Português, Inglês, Italiano, Espanhol. Seus principais espetáculos de Teatro/Circo foram: "O Menor Circo do Mundo" (Trilogia) e "Il Internacionalle Gran Picollo Circo Moroni". Fez mais de 70 Filmes entre eles "Pagu" no personagem "Piolim" e "O Palhaço" no filme "O Cavalinho Azul". Muitos foram os seus trabalhos em várias emissoras de televisão; interpretou na novela "A Viagem" o personagem "Adonay o Mascarado" que realizava várias técnicas circenses, assim como fez o palhaço "Ping" na novela "Um Anjo Caiu do Céu" e o mágico "Dono do Circo" em "Chocolate com Pimenta". É um dos pioneiros do Teatro/Circo no Brasil. Trabalhou em Publicidade, Shows e Musicais. Idealizou e participou de vários eventos (Performances) sempre cheios de forte conteúdo social, uma das suas principais características profissionais.
A oficina "O Palhaço de Picadeiro"

Conteúdo programático:
Cascatas (quedas cômicas, trombadas e trombadinhas), Claques (tapas, chutes), Batas (claques com objetos), Luta cômica (Lutas simuladas, Double, slow motion), Acrobacias cômicas (solos, duplas, sobre objetos), Malabarismos e manipulação de adereços, Equilibrismo cômico (Garrafa, corda, cadeira), Voz de Picadeiro/Rua (sotaques, tipos de vozes, projeção).

De 14 a 18 de dezembro de 2010.
Carga horária: 15h
Horário: 18h às 21h
Local: Templo – Sede de trabalhos Flor e Espinho Teatro.
R. Parapoã 276 B. Jockey Clube (próximo a Via Morena) – Campo Grande/MS.
Taxa simbólica: R$50,00
Pré-inscrições: email para pantalhacos@gmail.com ou ligue 9912-1420.
Inscrições: no local, 1h antes do início da oficina.
A Pantalhaços é uma realização do Circo do Mato e Flor e Espinho Teatro.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

VIII Encontro da Rede Brasileira de teatro de Rua, em Campo Grande





Campo Grande foi sede 24 a 28 de novembro o VIII Encontro da Rede Brasileira de teatro de Rua, com discussões, debates, reflexões e espetáculos regionais e nacionais com presença de artistas de todo o país.











A Rede Brasileira de Teatro de Rua é formada por movimentos de teatro de todo Brasil, artistas independentes e militantes da cultura que somam não só na quantidade, mas na qualidade dos debates e propostas que visam o fortalecimento e o crescimento de uma rede horizontal e democrática. É importante destacar o conceito de articulador que vem sendo utilizado pelos participantes da Rede e amplamente debatido nos últimos sete Encontros Nacionais. Todos são articuladores e podem se colocar onde considerem necessário e prudente, de forma ética e responsável, levando sempre em conta as decisões e princípios tirados pelo coletivo. Vários foram os motivos que mobilizaram até se chegar a esse consenso e, um deles, é o de que em um Brasil imenso, com diferentes realidades, em um coletivo formado por tantos pensamentos, nenhum deles deve representar o todo. Cada parte desse todo tem a sua visão, a sua particularidade que está ligada pela idéia central que é o Teatro de Rua. O que a princípio pode sugerir falta de organização e superficialidade é o que confere à Rede princípios de horizontalidade, democracia e respeito às diferenças, onde as decisões tendem a ser consensuais e presenciais, apesar da grande atividade no fórum virtual.

http://teatroderuanobrasil.blogspot.com/

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

oficinas do ANJOS DO PICADEIRO 9






As inscrições para as oficinas do ANJOS DO PICADEIRO 9 estão abertas!








São 5 oficinas com alguns dos mestres da palhaçaria internacional:





Leris Colombaioni (Itália), Johnny Melville (Holanda), Andres del Bosque (Argentina), Amanda Crockett (EUA) e Angela de Castro (Inglaterra).Corra para escolher a sua!





As vagas são limitadas e todas acontecerão do dia 06 à 08/12 das 10 às 13h.





Para Mais Informações: http://picadeiroquente.blogspot.com/2010/10/oficinas-anjos-do-picadeiro-9.html





Nos vemos lah!!!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

FOMTEATRO


Saiu a lista de projetos comtemplados pelo FOMTEATRO e nosso projeto " El Magnifico Duelo" é um deles!
Não é muito mais da pra começar a trabalhar.
PARABÉNS Desnudinhus!!!
Confira :

Edital de Seleção de Projetos ao Programa Municipal de Fomento ao Teatro, FOMTEATRO Nº 06/2010, de 11 de Junho de 2010, publicado no DIOGRANDE, Nº 3.054, de 16 de Junho de 2010, torna publico na Forma de Anexo Único deste Edital o Resultado da Seleção dos Projetos Aprovados pela Comissão Gestora do FOMTEATRO.

ANEXO ÚNICO AO EDITAL Nº. 13/2010, DE 22 DE OUTUBRO DE 2010. PROJETO PROPONENTE EXECUTOR VALOR APROVADO:

Projeto: O EscurialProponente: AACP – Associação Artística Cult Palco de Artes Cênicas, Esp, Lazer e Prom SocialValor: R$ 20.000,00
Projeto: Oficina de Direção: a prática teatral em busca de uma linguagemProponente: Gláucia Vieira de OliveiraValor: R$ 5.000,00
Projeto: El Magnífico DueloProponente: Driely Alves MedeirosValor: R$ 5.000,00
Projeto: Florestinhas – No Caminho das ÁguasProponente: Florescer no CerradoValor: R$ 5.000,00
Projeto: Pelas Praças de Campo GrandeProponente: Teatral Grupo de RiscoValor: R$ 14.985,00
Projeto: Propinas Day – Um Teatro de incoerência PolíticaProponente: Vitor Hugo Samudio Delassierra BritezValor: R$ 15.000,00
Projeto: Antes que seja TardeProponente: Anita Duailibi AmizoValor: R$ 15.000,00
Projeto: José e suas morenasProponente: Edson da SilvaValor: R$ 15.000,00

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Cômica produções

Por Driely Alves e Rodrigo Leite



video




Video produzido pela Cômica produções no primeiro semestre de Artes visuais (2009). A ideia era fazer um documentario onde explicariamos como se da o desenvolvimento cognitivo na fase de operações concretas segundo Piagt, mas com pouco tempo e sem recursos conseguimos fazer esta obra de arte!

















A cômica produções é o nucleo de produção dos Desnudos Del Nombre, faz um pouco de tudo desde produções audiovisuais aos mais diversos artesanatos , que é sua maior produção.







terça-feira, 24 de agosto de 2010

“Uuuuuhh!”


Sua vida é cheia de histórias curiosas; uma das anedotas mais especiais que lhe aconteceu foi quando entrando no picadeiro, ainda sem começar sua atuação, uma criança começou a chorar desesperadamente (provavelmente era a primeira vez que via um palhaço). Charlie não podia começar sua atuação pois o público estava mais atento ao escandaloso choro da criança que ao palhaço. Charlie se aproximou cautelosamente do menino para fazer-lhe um carinho e tentar acalmá-lo, mas o resultado foi o oposto e o menino começou a chorar ainda com mais força, ao mesmo tempo que o público adulto ria em um tom que misturava diversão e ternura. Rivel, que era profundo conhecedor da psicologia infantil, voltou para o centro do picadeiro e começou ele também a chorar, desconsoladamente, solidariamente. Isso foi o suficiente. O menino se calou no ato, com os olhos bem abertos pela surpresa de descobrir que aquele ser vermelho e ameaçador sabia, também, se expressar com sua mesma linguagem, tão transparente e direta: o choro. E Rivel continuou chorando: “Uuuuuhh!”. Quando, ainda choroso, voltou a se aproximar da criança, que já estava calma e olhando-o hipnotizada, esta tirou sua chupeta da boca e a ofereceu a Charlie, num ato de solidariedade primária. O choro de Rivel parou e o público se desfez em aplausos. O palhaço aceitou a oferta da criança e, hoje em dia, aquela chupeta histórica se encontra numa das vitrines do Museu Charlie Rivel de Cubelles.
Rivel usava, geralmente, um longo e justo vestido vermelho, cabelos grandes e laranjas, e um famoso nariz quadrado, reconhecido, ainda hoje, como “o nariz de Rivel”. Como palhaço, atuava de maneira lenta e meticulosa. Ele aparece em alguns filmes, como no “Os clowns”, de F. Fellini. Sobre a arte do palhaço, Rivel sentenciou: “O palhaço não morrerá jamais!”.
Sobre Rivel, disseram:
É a quintessência do palhaço. (Jacques Fabri/ Andre Salle).É o Picasso dos palhaços. (Dimitri).Ressuscita a velha arte de fazer rir. E a ressuscita de maneira sublime. (Jordi Elias).Vê-lo é voltar a viver. E lembrá-lo é voltar a rir. (Nachtausgabe).É um presente dos céus. O público do mundo inteiro se rendeu diante da arte de Rivel. (Eitz).Nos faz rir e chorar, assombrados por sua pureza. (M.D.C.).

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

4° FESTCAMP



Uma boa oportunidade pra quem gosta de teatro e outras coisas mais!


E tem os "DESNUDINHOS" na programação!


Não percam!
















"EL MAGNIFICO DUELO"
Dia 10/08/2010 na praça Ary Coelho ( Campo Grande - MS)
as 16:00 horas Entrada Franca!

quinta-feira, 27 de maio de 2010

AVNER o exêntrico



http://www.youtube.com/watch?v=IAi92o_2tDQ&feature=PlayList&p=9768D6C2CC7326AA&playnext_from=PL&playnext=1&index=12

Os Princípios do Palhaço

©2005 Avner Eisenberg

1- A função do palhaço é a de fazer público sentir emoções e respirar.
2- Todos inspiram, mas muitos de nós devem ser lembrados de expirar.
3- A imaginação e o cérebro estão conectados ao corpo e o afetam. Qualquer alteração na mente provoca uma mudança no corpo. Qualquer alteração no corpo, na respiração primeiramente, causa uma mudança correspondente na mente.
4- Não diga ou mostre ao público o que pensar, fazer ou sentir.
5- Não diga ou mostre aos seus parceiros o que pensar, fazer ou sentir. Não aponte.
6- O peso pertence ao lado debaixo. Mantenha um único ponto na parte inferior do abdômen. Mantenha sua energia fluindo.
7- A tensão é sua inimiga. Ela produz dormência emocional, mental e física.
8- O que você pensa a respeito da sua performance é o que conta, não se ela é realmente boa ou ruim.
9 O palhaço descobre a platéia que está sentada, olhando para um espaço vazio e esperando por um show. Deve-se lidar com isso estabelecendo-se cumplicidade com o público.
10- O palhaço cria um mundo no espaço vazio, ao invés de entrar num mundo que já existe (esquete).
11- Usar mímica para criar fantasia, não para recriar a realidade.
12- O palhaço procura criar um jogo e definir as regras, as quais a partir de então deverão ser obedecidas.
13- Não peça ou diga ao público como se sentir ou pensar. Tenha uma experiência emocional e convide o público a se juntar à sua reação.
14- É essencial ser interessado, não interessante.
15- Você tem que respirar durante toda a sua vida, mesmo no palco.
16- O palhaço entra no palco para fazer um trabalho, não para provocar risos. Se houver risos, eles serão interrupções com as quais deverá lidar.

domingo, 9 de maio de 2010

A procura do Ridículo

PANTALHAÇOS -II Mostra de palhaços do pantanal
realizado de 10 a 20de novembro de 2009
Oficina A Arte de Ser Palhaço, com João Lima o palhaço Tizil da BA





































































quinta-feira, 18 de março de 2010

II Festival Boca de Cena








Os horários e locais dos espetáculos que serão apresentados no II Festival Boca de Cena foram definidos. O evento em comemoração ao Dia do Teatro (27 de março), é uma parceria entre a Fundação Municipal de Cultura (Fundac) e a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS).

TEATRO ARACY BALABANIAN – 19h30
22/03 – “Encruzilhadas” (Circo do Mato)
23/03 – “Paredes Revisitadas” (Mercado Cênico)
24/03 – “No Gosto Doce e Amargo das Coisas que Somos Feitos” (OFIT)
25/03 – “Arte de Quinta na Quarta” (Grupo ADOTE)
26/03 – “Amor por Anexins (Cia das ARTES)
27/03 – “José’s e suas Morenas” (Teatral minas da imaginação)

ARMAZÉM CULTURAL

Infantil – 09h
23/03 – “De Palhaço e Lobo Todo Mundo tem um Pouco” (Arte e Riso)
24/03 – “O Sapo Encantado e Outras Histórias” (Teatral Unicórnio)
25/03 – “Cartas Para não Chover” (Trupe da Casa)
26/03 – “Rei que não Sabia Rir” (Grupo Identidade Teatral)

Adulto – 21h
23/03 – “O Noviço” (Teatral Senta que o Leão e Manso UCDB – convidado)
24/03 – “Zumbi” (Grupo Reis da Liberdade)
25/03 – “Dois Perdidos Numa Noite Suja” (Teatral Grupo de Risco)
26/03 – “Faz-me Rir” (Grupo Fulano Di Tal)
27/03 – “Socorro Minha Casa e uma Comédia” (AACP/Grupo Teatral Palco)

TEATRO DE RUA (CALÇADÃO DA BARÃO) – 9h
27/03 – “Conto da Cantuaria”. (Teatro Imaginário Maracangalha)
27/03 – “El Magnífico Duelo” (Grupo Desnudos)

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Feliz aniversario flor!

Nunca pensei que teria que te abraçar de taum longe...
sinta o calor do meu abraço, pois sempre me recordo do seu!

Por um fio









Se esses cabelos falassem...














Seu olhar me desfia...















Me revela










fio a fio...












” Me falta tempo para celebrar teus cabelos.
Um por um devo contá-los e elogiá-los:
outros amantes querem viver com certos olhos,
eu só quero ser teu cabeleireiro.
Na Itália te batizaram de Medusa
pela arrepiada e alta luz de tua cabeleireira.
Eu te chamo de minha travessa emaranhada:
meu coração conhece as portas de teu pelo.
Quanto de extravias em teus próprios cabelos,
não me olvide, lembra que te amo,
não me deixe perdido partir sem tua cabeleireira
pelo mundo sombrio de todos os caminhos
que só tem sombra, de dores transitórias,
até que o sol suba a torre de teus pelos”

domingo, 10 de janeiro de 2010

Ivinhema aqui vamos nós!!!










Pelo terceiro ano a Fundação Nelito Câmara realizará seu festival de verão. Esse projeto foi iniciado no verão 2007-2008 com a missão de promover uma agenda cultural durante as férias escolares. Em suas duas primeiras edições, o festival foi sucesso de público, atraindo pessoas de todas as faixas etárias para consumir arte e conhecimento. O festival está focado na diversidade das manifestações culturais e abrange as variadas formas de expressão com artes plásticas, música, teatro, cinema, dança, literatura, além das oficinas teóricas, que abrangem a filosofia, geopolítica e história da arte. Em 2008-2009 o festival ganhou um tema para orientar as discussões e organizar o pensamento, era o Paraguay Contemporáneo e vários artistas do país vizinho mostraram seu trabalho em Ivinhema. Na próxima edição, o evento homenageará o grande poeta sul-mato-grossense Manoel de Barros, com o tema Matéria-prima: Manoel de Barros e reunirá entre os dias 08 e 23 de janeiro de 2010 os trabalhos que tiveram como ponto inicial sua obra.


Durante a semana haverá filmes, peças de teatro, concertos musicais,oficinas, cursos e palestras. Todos eventos, de alguma maneira remetem à obra de Manoel de Barros. O curso de Filosofia, por exemplo, neste ano ministrado por Rodrigo Inácio Ribeiro Sá Menezes, da PUC SP, tratará das visões da Natureza nas várias correntes teóricas.


Entre as atrações de outros estados estará o grupo Chão de São Paulo com a peça Ruas de Barros, o grupo Os Viralata de Cuiabá, com o espetáculo Os Viralata cantam Manoel de Barros. De Cuiabá também vem Cia de Arte Negus, com a peça Mímesis e de Campo Grande a Arte Riso Cia de Animação com dois espetáculos: De médico e lobo todo mundo tem um pouco e Manual de Barros, Desnudos Del Nombre com o espetaculo: QUEM DESMAFAGAFAR BOM MAROMBATEIRO SERÁ. De Dourados vem o TUDM Teatro Universitário de Dourados.A música terá o Chalana de Prata, a Orquestra Revoada Pantaneira, a banda Haiwana e o cantor gaúcho Felipe Catto, que vem fazendo muito sucesso principalmente na Internet. Os filmes sobre o poeta serão Caramujo-flor, de Joel Pizzini (1988), Wenceslau e a àrvore do gramofone, de Adalberto Muller (2008) e Só dez por cento é verdade, de Pedro Cézar (2008). O jornalista Marco Antonio de Rezende ministrará palestra sobre a boa escrita e a organizadora do FLIP, Alice Penna, frá uma mesa surpresa sobre o poeta.
Todas as atrações são gratuitas e acontecem na sede da Fundação Nelito Câmara, rua André Molina, 264, Ivinhema-MS.


quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Desnudos del nombre



















Trazemos linguagens distintas
para falar a mesma língua.

oração do palhaço
















Senhor,
Fazei de mim um instrumento musical,
Capaz de fazer barulho e de fazer silêncio,
E de quebrar o ritmo do tédio
Que o pão nosso de cada dia por vezes nos traz…
Perdoai as minhas ofensas, são ossos do oficio!
Dai-me o Conflito!
E que minha analista não os desfaça.
Ah, Alegria cheia de graça.
Bendita sois vós entre os sentimentos!
Bendito és tu Palhaço!
Que venham a mim as criancinhas predispostas a rir,
E que durmam aquelas que têm medo.
Que minha fé cênica cresça a cada dia,
Na saúde ou na doença, na alegria ou na tristeza,
Faça chuva ou faça sol!
Que venham á nós os patrocinadores desapegados à matéria;
Nos deixe cair na tentação de xingar o chefe de vez em quando!
E livrai-nos do mal do desemprego!
Ame.

fonte:http://rodagigante2009.blogspot.com/

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Oração de um bufão universitário




Rir mesmo que seja sofrido
Mesmo que a graça seja nossa desgraça
Rir mesmo que sem dente
Mesmo que as contas nas casas Bahia estejam pendentes
Chorar somente de alegria
Chorar só pra entrar na sinfonia
Correr só se for atrás dos sonhos
Ou atrás de uma coxinha
Amar Sempre amar
Esquecer a mensalidade da faculdade pra pagar
E se lembrar que possa rir até enfartar

Qual a melhor arma dos fudidos, se não o riso?